Anemia Fetal

a transfusão sanguínea é a única forma de evitar morte fetal

O que é a Anemia Fetal?

anemia fetal é uma doença caracterizada por uma diminuição progressiva das células vermelhas do sangue (eritrócitos) em sangue fetal, diminuindo assim o nível de hemoglobina e hematócrito.

A redução grave dos eritrócitos pode causar insuficiência cardíaca (hidropisia) na vida fetal e, conseqüentemente, morte antes do nascimento. Além disso, a anemia grave tem um alto risco de dano neurológico e sequelas a longo prazo.

Quais as causas de Anemia Fetal?

A causa mais comum é a Isoimunização que ocorre em mulheres com grupo sanguíneo Rh negativo cujo parceiro é Rh positivo e a matriz é a produção de anticorpos contra glóbulos vermelhos fetais, em resposta a uma sensibilização prévia. Outra causa é ainfecção aguda pelo parvovírus B19, que pode ser detectada porum exame de sangue materno.

Aloimunização da RBC maternal:

Isso acontece porque a mãe e os glóbulos vermelhos do feto não são compatíveis, fazendo com que as células da mãe ataquem as células do feto produzindo anticorpos.

Infecção por Parvovírus:

Esta infecção / doença é uma doença comum na infância que pode causar uma erupção cutânea no rosto e no corpo. Se não for tratado, o vírus pode começar a atacar a medula óssea do feto.

Distúrbios genéticos e metabólicos:

Os distúrbios que podem apresentar anemia fetal incluem síndrome de Down, doença de Niemann-Pick, doença de Gaucher, anemia de Fanconi, deficiência de G-6-PD e talassemia alfa. Além de distúrbios genéticos e metabólicos, algumas gestações gemelares também podem ocorrer devido ao compartilhamento da placenta.

Como saber se o feto está com anemia?

Para detectar anemia fetal, todas as mulheres grávidas com Isoimmunização Rh, hidropisia fetal (derrame pericárdico, Hidrotórax fetal, edema subcutâneo, ascite) ou o parvovírus B19 (positivo IgM) os casos devem ser avaliadas com Dopplerda Árteria Cerebral Média para avaliação do pico de velocidade, que caso alterado indica procedimento invasivo, para a obtenção de uma amostra de sangue fetal por cordocentese e avaliação níveis de hematócrito e hemoglobina fetal.

Nos casos com anemia grave, a transfusão de sangue é o único tratamento capaz de prevenir a morte fetal por insuficiência cardíaca. Este procedimento aumenta a chance de sobreviver ao nascimento e diminui o risco de dano neurológico.

Qual tratamento pode ser oferecido para fetos com anemia fetal?

Nos casos com anemia grave, a transfusão de sangue é o único tratamento capaz de prevenir a morte fetal por insuficiência cardíaca. Este procedimento aumenta a chance de sobreviver ao nascimento e diminui o risco de dano neurológico.

Anemia Fetal

Ligue para a FMFLA Campinas (19) 2514.0404 ou para aFMFLA São Paulo (11) 3050.0602